INFORMAÇÃO 03-Dez

Exmos. Senhores,

Desde que surgiu o surto de COVID-19 na Instituição que temos vindo a desenvolver um trabalho que tem por fim controlar a situação no que respeita a garantir, dentro de portas, todos os cuidados que são essenciais ao bem-estar dos utentes de quem cuidamos.

Para isso, temos recorrido a apoio externo, ao nível do reforço de recursos humanos, e outros serviços, colmatando a ausência de alguns profissionais, que, por motivo de terem ficado infetados, tiveram necessidade de se afastar para poderem recuperar. Felizmente que todos estão a evoluir favoravelmente,encontrando-se os mesmos a regressar ao trabalho.

No que respeita aos utentes, encontram-se num processo de avaliação médica constante, sendo que aqueles que se apresentam sem sintomas durante dez dias têm vindo a ser considerados como curados e, por isso, com alta à COVID-19. Felizmente, na sua grande maioria, tendo já regressado aos seus aposentos, situação que em muito contribui para a melhoria do seu estado de saúde.

Durante esta semana, tivemos, infelizmente, um utente que veio a falecer, em contexto hospitalar, por ter várias comorbilidades, mas também por se apresentar positivo à COVID-19. À sua família endereçamos as mais sentidas condolências.

A Instituição continua a desempenhar a sua missão, cuidando dos que são seus, mas não menosprezando outros que, não o sendo, necessitam, igualmente, de apoio, numa articulação e verdadeira cooperação com entidades que nos tutelam, que conhecem o nosso trabalho e nele confiam para cuidar também destes.

Não são tempos fáceis. A resiliência, dinâmica, proatividade, exigência e rigor nunca foram tão necessários colocar em prática, a cada instante, como agora. Mas é isto que nos tem distinguido e é com estas premissas que, com pandemia ou sem ela, continuaremos a fazer o nosso trabalho.

E isso é fazer Misericórdia!

Como sabem, se existir alguma situação que requeira da nossa parte alguma atenção especial, serão contactados, de forma personalizada, como é nossa prática. 

Continuamos, também, a mostrar-nos disponíveis para convosco articular qualquer solução que possa ser mais vantajosa para o v/ familiar, em virtude de poderem reunir melhores condições de segurança para um possível acolhimento.

Esperamos que esta situação seja rapidamente ultrapassada para que, ainda durante este mês de dezembro, possamos ter o espírito que caracteriza esta época do ano. Nós não perdemos essa esperança!

Pernes, 03 de dezembro de 2020

Redes Sociais

Contactos

Serviços Administrativos

Largo Maria Caetano - Casa Social
Telefone: 243 446 070     |    Fax: 243 4460 79

scmp@scmpernes.pt

Outros Contactos